Economia

Relator de MP da Eletrobras quer apresentar texto nesta semana e votá-lo até a próxima

Reuters
Reuters
Relator de MP da Eletrobras quer apresentar texto nesta semana e votá-lo até a próxima
Logo da Eletrobras na bolsa de valores de Nova York, EUA

8 de junho de 2021 - 19:57 - Atualizado em 8 de junho de 2021 - 20:00

SÃO PAULO (Reuters) – O relator da medida provisória (MP) de privatização da Eletrobras no Senado, Marcos Rogério (DEM-RO), afirmou nesta terça-feira que se comprometeu com o governo federal a apresentar seu parecer ainda nesta semana, acrescentando que espera votá-lo no máximo até o início da próxima.

O cronograma mencionado pelo senador acompanha as expectativas do governo, que deseja ver a operação de capitalização da elétrica estatal aprovada antes do vencimento da MP, em 22 de junho.

Em entrevista coletiva após reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, Marcos Rogério disse ainda que está ouvindo sugestões, mas que a ideia é trabalhar com o texto aprovado pela Câmara dos Deputados sem grandes alterações.

“Estou ouvindo todos os setores, dialogando, ponderando, ouvindo o governo, ouvindo a agência reguladora. A partir dessas tratativas, vamos apresentar um relatório que vai procurar, no seu esforço maior, reunir as convergências”, afirmou o senador.

Ele acrescentou que, se em algum ponto do relatórios houver divergências maiores entre os senadores, o tópico será levado a voto. Marcos Rogério também admitiu a possibilidade de acolher emendas ao texto, mas disse ainda não ter recebido propostas nesse sentido.

“Imagino que até amanhã a gente receba o conjunto das propostas de emenda. Não descarto a possibilidade de acolher emendas, é prerrogativa dos senadores… Mas o nosso esforço é trabalhar com base no texto que veio da Câmara, em que já há um entendimento com um governo, sem grandes alterações”, disse ele.

Questionado sobre a manutenção de uma das polêmicas do texto original, que prevê a contratação obrigatória de usinas térmicas pelo governo, o senador se limitou a afirmar que está coletando sugestões de senadores e ouvindo as ponderações do setor elétrico.

(Por Gabriel Araujo)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH571CP-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.