Economia

Principal operador de dutos de combustíveis dos EUA para operações após ataque cibernético

Reuters
Reuters

8 de maio de 2021 - 14:14 - Atualizado em 8 de maio de 2021 - 14:15

Por Stephanie Kelly e Christopher Bing

NOVA YORK (Reuters) – A Colonial Pipeline, principal operadora de dutos de combustíveis dos EUA, fechou toda a sua rede após um ataque cibernético, disse a empresa em um comunicado na sexta-feira.

A rede da Colonial fornece combustíveis de refinarias dos EUA na Costa do Golfo para o populoso leste e sul dos Estados Unidos.

A empresa transporta 2,5 milhões de barris por dia de gasolina, diesel, combustível de aviação e outros produtos refinados por meio de 8.850 km de dutos e transporta 45% do suprimento de combustíveis da Costa Leste.

O software malicioso usado no ataque foi o ransomware, disseram duas fontes da indústria de segurança cibernética familiarizadas com o assunto.

Ransomware é um tipo de malware projetado para bloquear sistemas criptografando dados e exigindo pagamento para recuperar o acesso. A popularidade do malware cresceu nos últimos cinco anos e é mais frequentemente implantado por grupos cibercriminosos.

A empresa fechou sistemas para conter a ameaça depois de saber do ataque na sexta-feira, disse a Colonial em comunicado. Essa ação interrompeu temporariamente as operações e afetou alguns de seus sistemas de TI, disse a empresa.

A Colonial contratou uma empresa terceirizada de segurança cibernética para iniciar uma investigação e contatou as autoridades policiais e outras agências federais, disse.

A Colonial não deu mais detalhes nem por quanto tempo seus dutos ficarão fechados.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.