Economia

Pressão de NY prevalece, ações de commodities aliviam perdas do Ibovespa

Reuters
Reuters
Pressão de NY prevalece, ações de commodities aliviam perdas do Ibovespa
Sede B3

18 de fevereiro de 2021 - 12:39 - Atualizado em 18 de fevereiro de 2021 - 12:40

Por Aluisio Alves

SÃO PAULO (Reuters) – O principal índice brasileiro de ações tinha uma sessão errática nesta quinta-feira, alternando altas e baixas desde a abertura, com a influência negativa de Wall Street sendo aliviada em parte por ganhos de ações domésticas.

Às 12:29, o Ibovespa mostrava baixa de 0,8%, aos 119.435,02 pontos. O giro financeiro da sessão somava 14,2 bilhões de reais. Na véspera, o índice fechou no maior nível em quatro semanas.

Mas a pressão externa se fazia valer, com os principais índices das bolsas norte-americanas no vermelho após dados semanais de seguro-desemprego no país terem vindo acima das expectativas, criando dúvidas sobre o ritmo de recuperação da economia dos Estados Unidos.

No plano doméstico, o pregão marca a estreia das ações da CSN Mineração.

Noutra frente, mais quatro empresas pediram registro para IPO na Bovespa, incluindo o grupo hospitalar Mater Dei, a financiadora de automóveis Rodobens, a fabricante de etanol de milho FS e a varejista online Privalia.

A temporada de resultados trimestrais teve sequência com a varejista Carrefour Brasil, enquanto os investidores aguardam os resultados da resseguradora IRB Brasil Re para esta noite.

DESTAQUES

– CSN MINERAÇÃO disparava 6,5% em sua estreia na Bovespa, após oferta inicial de ações ter sido precificada na quinta-feira no piso da faixa estimada pelos coordenadores. A controladora, CSN, tinha oscilação positiva de 0,3%.

– CARREFOUR BRASIL avançava 1,4%. Executivos do grupo mostraram otimismo sobre cenário para varejo alimentar em 2021, após a companhia ter divulgado na noite da véspera que teve lucro consolidado de 1 bilhão de reais no quarto trimestre, alta de 34,9% sobre um ano antes.

– EMBRAER, que havia disparado na véspera e mantinha a tendência no começo desta sessão, reverteu e caía 2,3%, após o governo brasileiro anunciar que desistiu de uma disputa na OMC alegando subsídios ilegais do Canadá para o programa C-Series, da rival Bombardier, após o negócio ter sido vendido para a Airbus.

– PETROBRAS caía 0,7%, após a companhia ter informado pela manhã que irá aumentar os preços do diesel e da gasolina em suas refinarias a partir de sexta-feira.

– VALE tinha ganho de 0,3%, perdendo fôlego em relação à abertura.

– ITAÚ UNIBANCO evoluía 1,1%, liderando ganhos entre os grandes bancos. BRADESCO tinha alta de 0,4%.

– HAPVIDA caía 3%, enquanto NOTRE DAME INTERMÉDICA tinha baixa de 3,8%, ambas negociam um acordo de fusão. Mais cedo, o grupo hospitalar Mater Dei fez pedido de registro para uma oferta inicial de ações (IPO).

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1H17Y-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.