Economia

Preços ao produtor dos EUA registram em janeiro maior ganho desde 2009

Reuters
Reuters
Preços ao produtor dos EUA registram em janeiro maior ganho desde 2009
Consumidores na loja de departamentos Macy's, na cidade de Nova York

17 de fevereiro de 2021 - 11:26 - Atualizado em 17 de fevereiro de 2021 - 11:30

WASHINGTON (Reuters) – Os preços ao produtor dos Estados Unidos avançaram em janeiro à maior taxa desde 2009, já que o custo de bens e serviços aumentou, sugerindo que a inflação nas portas das fábricas está começando a subir.

O índice de preços ao produtor para a demanda final saltou 1,3% no mês passado, seu maior ganho desde dezembro de 2009, quando o governo reformulou a série, disse o Departamento do Trabalho nesta quarta-feira. Isso se seguiu a uma alta de 0,3% em dezembro. No acumulado de 12 meses até janeiro, o índice avançou 1,7%, após subir 0,8% em dezembro.

O acréscimo de 1,3% nos preços dos serviços foi responsável por dois terços da alta do índice geral. A alta foi a maior desde dezembro de 2009 e veio após queda de 0,1% em dezembro.

O custo dos bens avançou 1,4%, após alta de 1,0% em dezembro. Economistas consultados pela Reuters previam que o índice de preços ao produtor subiria 0,4% em janeiro e 0,9% na comparação anual.

Excluindo alimentos, energia e serviços de comércio –classificados como voláteis–, os preços ao produtor subiram 1,2% em janeiro. O chamado núcleo do índice havia registrado alta de 0,4% em dezembro. No acumulado de 12 meses até janeiro, o núcleo do índice de preços ao produtor saltou 2,0%, após alta de 1,1% em dezembro.

(Por Lucia Mutikani)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1G15C-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.