Economia

Preço do aço tem máxima de 8 semanas diante de medida de liquidez na China

Reuters
Reuters
Preço do aço tem máxima de 8 semanas diante de medida de liquidez na China
Vergalhões de aço em Fenyang, China

12 de julho de 2021 - 09:06 - Atualizado em 12 de julho de 2021 - 09:10

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) – Os contratos futuros do aço negociados em Xangai ampliaram ganhos e atingiram uma máxima de seis semanas nesta segunda-feira, depois que uma medida de afrouxamento monetário na China desencadeou um rali guiado por preocupações com cortes de produção no país, maior produtor global de aço.

O vergalhão de aço para construção negociado na bolsa de futuros de Xangai fechou em alta de 1,4%, a 5.432 iuanes (839 dólares) por tonelada, após tocar a marca de 5.532 iuanes, mais alto patamar desde 19 de maio.

A bobina de aço laminada a quente também avançou 1,4%, para 5.828 iuanes/tonelada, depois de atingir 5.948 iuanes, também o maior nível desde 19 de maio.

O aço inoxidável saltou 0,6%, para 17.305 iuanes por tonelada.

O Banco Popular da China anunciou na tarde de sexta-feira que cortará a taxa de compulsório para os bancos em 50 pontos básicos a partir de 15 de julho, liberando cerca de 1 trilhão de iuanes para sustentar uma recuperação econômica que começa a perder ímpeto.

“Mais cedo ou mais tarde, o governo terá que moderar suas ambições de reduzir a produção de aço em 2021 ou arriscar lidar com uma crescente bolha especulativa de ativos”, disse Atilla Widnell, diretor-gerente da Navigate Commodities em Cingapura.

As matérias-primas siderúrgicas negociadas na bolsa de commodities de Dalian também avançaram, com o contrato mais ativo do minério de ferro, para setembro, fechando em alta de 1,5%, a 1.188,50 iuanes por tonelada, após tocar máxima de 1.213 iuanes na sessão.

(Reportagem de Enrico Dela Cruz, em Manila)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6B0JC-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.