Economia

Pi, do Santander, terá 60% da Toro após acordo

Reuters
Reuters
Pi, do Santander, terá 60% da Toro após acordo
Edifício do Santander em São Paulo (SP)

29 de setembro de 2020 - 13:46 - Atualizado em 29 de setembro de 2020 - 13:50

SÃO PAULO (Reuters) – A plataforma digital de investimentos do Santander Brasil, Pi, acertou acordo de investimento em que terá 60% da holding que controlada a Toro Corretora e a Toro Investimentos, informou o banco de origem espanhola nesta terça-feira. O valor do negócio não foi divulgado.

“Com a unificação das operações, cada empresa contribuirá com seus diferenciais de mercado para a formação de uma plataforma completa de produtos de renda fixa e variável, com expertise, tecnologia e escala para atuar com protagonismo e liderança no crescente mercado brasileiro de investimentos”, afirmou o Santander Brasil em comunicado ao mercado.

“O cenário de taxas de juros em baixos patamares tende a estimular cada vez mais a demanda por produtos de renda variável”, acrescentou o banco.

O acordo ocorre cerca de um ano depois que o presidente-executivo da Pi, Felipe Bottino, afirmou à Reuters que a companhia tinha adotado uma estratégia de consolidação no mercado de corretoras de valores. A empresa foi lançada em março do ano passado.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG8S1ZA-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.