Economia

Petrobras diz que governo quer assembleia para discutir indicação de Silva e Luna

Reuters
Reuters

19 de fevereiro de 2021 - 21:29 - Atualizado em 19 de fevereiro de 2021 - 21:29

SÃO PAULO (Reuters) – A Petrobras informou que recebeu ofício do Ministério de Minas e Energia solicitando providências para a convocação de uma assembleia geral extraordinária de acionistas com o objetivo de avaliar a indicação do general Joaquim Silva e Luna a um cargo no conselho da companhia.

No documento, o ministério pede ainda que Joaquim Silva e Luna “seja, posteriormente, avaliado pelo conselho de administração da Petrobras para o cargo de presidente”.

O presidente Jair Bolsonaro disse mais cedo nesta sexta-feira que o governo indicaria Silva e Luna como CEO da companhia no lugar de Roberto Castello Branco, substituindo-o também em vaga no conselho.

A estatal disse que o atual CEO Roberto Castello Branco e os demais diretores executivos têm mandato até 20 de março de 2021.

(Por Luciano Costa)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.