Economia

Paulo Guedes aprova mais três parcelas do auxílio emergencial; veja como vai funcionar!

Governo Federal passa a adotar medidas para criar o programa Renda Brasil

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora com informações do R7
Paulo Guedes aprova mais três parcelas do auxílio emergencial; veja como vai funcionar!

26 de junho de 2020 - 10:06 - Atualizado em 26 de junho de 2020 - 10:06

O Ministro da Economia Paulo Guedes confirmou mais três parcelas do auxílio emergencial nos valores de R$ 500, R$ 400 e R$ 300.

Além disso, o Governo Federal passa a adotar medidas para criar o programa Renda Brasil, que vai implicar na unificação de programas sociais como Bolsa Família, Seguro Defeso e Abono Salarial. Os três deixariam de existir.

“Estamos, agora no sábado (27), pagando mais uma parcela para 60 milhões de brasileiros. Neste próximo sábado até o sábado que vem, 60 milhões recebem mais uma parcela”, afirmou Guedes.

Parcelas auxílio emergencial e dedudações do imposto de renda

Outra medida deve atingir as deduções do Imposto de Renda. A princípio, de acordo com o governo, a ideia é acabar com deduções com saúde, por exemplo, e baixar a alíquota do Imposto de Renda da Pessoa Física para que não haja aumento da tributação.

Uma das propostas é diminuir de 27,5% (a maior alíquota) para 25%. Os valores ainda estão em estudo.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.