Economia

Países de renda média dão forte apoio a alocação de SDR, diz Georgieva

Reuters
Reuters
Países de renda média dão forte apoio a alocação de SDR, diz Georgieva
Países de renda média dão forte apoio a alocação de SDR, diz Georgieva

8 de abril de 2021 - 13:23 - Atualizado em 8 de abril de 2021 - 13:25

WASHINGTON (Reuters) – Os países de renda média expressaram nesta quinta-feira firme apoio ao plano de expansão em 650 bilhões de dólares das reservas monetárias (SDRs, na sigla em inglês) do Fundo Monetário Internacional (FMI) para reforçar os recursos fiscais dessas nações, afetadas pela pandemia de Covid-19, disse a diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva, nesta quinta-feira.

Georgieva afirmou também que será difícil negociar um novo acordo sobre os principais recursos de cotas do FMI, mas os países-membros do FMI estão demonstrando forte envolvimento no processo.

“O que tirei da reunião foram duas mensagens. Uma, forte apoio ao FMI no centro da rede de segurança financeira global e clara disposição de todos os membros de nos ver com os recursos adequados para fazermos nosso trabalho”, disse Georgieva em coletiva de imprensa após uma reunião do comitê consultivo do FMI.

(Por David Lawder)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3716J-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.