Economia

Opep+ ainda não avançou para resolver impasse, dizem fontes

Reuters
Reuters
Opep+ ainda não avançou para resolver impasse, dizem fontes
Sede da Opep, em Viena, Áustria

12 de julho de 2021 - 16:23 - Atualizado em 12 de julho de 2021 - 16:25

Por Olesya Astakhova e Alex Lawler

MOSCOU/LONDRES (Reuters) – A Opep+ ainda não avançou em resolver impasses entre Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos, que na semana passada impediram um acordo para aumentar a produção de petróleo, tornando outra reunião de políticas essa semana menos provável, afirmaram fontes da Opep+.

A Rússia tem trabalhado nos bastidores para trazer Riad e Abu Dhabi de volta à mesa para encontrar um caminho para um acordo, afirmaram fontes à Reuters. Porém, uma fonte russa disse nesta segunda-feira que uma reunião nesta semana não é esperada.

A disputa entre dois aliados da Opep do Golfo foi exposta na semana passada, desmoronando um acordo que teria impulsionado a produção a partir de agosto. Os preços do petróleo, já próximos da máxima desde 2018 devido a um mercado apertado, avançaram ainda mais com a falta de um acordo.

O impasse forçou a Organização dos Países Exportadores de Petróleo, Rússia e outros produtores, conhecidos como Opep+, a abandonar negociações sobre aumento de produção após dias de negociações.

A Casa Branca afirmou na semana passada que os Estados Unidos estava monitorando conversas entre a Opep e seus parceiros.

O Kremlin afirmou nesta segunda-feira que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente dos EUA, Joe Biden, não discutiram sobre a Opep+ ou preços de petróleo na reunião de sexta-feira.

Em declaração conjunta, nesta segunda-feira, a Arábia Saudita e o Omã pediram por cooperação conjunta entre a Opep e aliados.

(Reportagem de Alex Lawler)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6B10L-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.