Economia

ONS aponta alta de 3,3% na carga de energia em janeiro e chuvas abaixo da média

Reuters
Reuters
ONS aponta alta de 3,3% na carga de energia em janeiro e chuvas abaixo da média
Linhas de transmissão de energia em Brasília (DF)

23 de dezembro de 2020 - 20:03 - Atualizado em 23 de dezembro de 2020 - 20:05

SÃO PAULO (Reuters) – A carga de energia em janeiro no Brasil deverá crescer 3,3% na comparação o mesmo mês de 2020, chegando a 73.012 MW médios, nível superior ao período pré-pandemia, informou o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) nesta quarta-feira.

“As previsões de carga consolidadas para o mês de janeiro levaram em consideração a expectativa de ocorrência de elevadas temperaturas em todas as regiões, típicas para essa época do ano, além da manutenção do ritmo de produção da indústria que segue em alta nos últimos meses”, disse o ONS em nota.

O Norte se destaca dos demais subsistemas e indica expansão de 6,4% na carga de energia em janeiro. Na sequência, o Sudeste/Centro-Oeste deve elevar o consumo em 3,9%, a 42.409 MW médios, e o Nordeste terá alta de 3,7%, para 11.866 MW médios.

Na contramão, o Sul tem previsão de queda de 0,2% da carga, para 12.907 MW médios.

As previsões indicam chuvas abaixo da média histórica em todas as regiões de hidrelétricas em janeiro, com os maiores índices de precipitações sendo registrados no Sul (90% da média) e Sudeste (87%).

(Por Roberto Samora)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGBM1HG-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.