Economia

Núcleo das encomendas de bens de capital dos EUA sobe, mas ímpeto desacelera

Reuters
Reuters
Núcleo das encomendas de bens de capital dos EUA sobe, mas ímpeto desacelera
Vista do porto de Los Angeles, na Califórnia

25 de fevereiro de 2021 - 11:26 - Atualizado em 25 de fevereiro de 2021 - 11:30

(Reuters) – Os novos pedidos de bens de capital produzidos nos Estados Unidos subiram pelo nono mês consecutivo em janeiro, apontando para força contínua dos gastos das empresas com equipamentos no início do primeiro trimestre, embora o ritmo de crescimento esteja desacelerando.

Os pedidos de bens de capital não relacionados à defesa, excluindo aeronaves, um indicador observado de perto para planos de gastos empresariais, avançaram 0,5% no mês passado, disse o Departamento de Comércio dos EUA nesta quinta-feira. O chamado núcleo das encomendas registraram alta de 1,5% em dezembro.

Economistas consultados pela Reuters previam que o núcleo dos pedidos de bens de capital subiria 0,7%.

As encomendas de bens duráveis, itens que vão de torradeiras a aviões com duração de três anos ou mais, saltaram 3,4% em janeiro, após alta de 1,2% em dezembro.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1O12G-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.