Economia

Não reaja com exagero ao salto temporário da inflação, diz presidente do BC britânico

Reuters
Reuters
Não reaja com exagero ao salto temporário da inflação, diz presidente do BC britânico
Presidente do banco central britânico, Andrew Bailey

1 de julho de 2021 - 10:51 - Atualizado em 1 de julho de 2021 - 10:55

Por Andy Bruce e William Schomberg

LONDRES (Reuters) – O presidente do banco central britânico, Andrew Bailey, disse nesta quinta-feira que é importante não reagir exageradamente a um aumento da inflação que provavelmente será temporário durante a recuperação econômica britânica da crise da Covid-19.

Ecoando a mensagem da reunião de política monetária de junho do Banco da Inglaterra na semana passada, Bailey disse que as razões pelas quais o banco central acredita que a inflação não será persistente são “bem fundamentadas”.

“É importante não reagir exageradamente a um crescimento e inflação fortes temporários, para garantir que a recuperação não seja prejudicada por um aperto precoce nas condições monetárias”, disse ele em discurso anual da Mansion House aos líderes da indústria de serviços financeiros.

Bailey acrescentou que o banco estará atento a sinais de pressões inflacionárias mais persistentes.

“E se virmos esses sinais, estamos preparados para responder com as ferramentas da política monetária”, disse ele.

A inflação dos preços ao consumidor britânico saltou para 2,1% em maio, ultrapassando a meta de 2% do banco central mais cedo do que o previsto pelo banco.

(Por Andy Bruce)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH602GK-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.