Economia

Ministro das Finanças do Reino Unido vai prometer ‘o que for preciso’ em novo plano de orçamento da Covid

Reuters
Reuters
Ministro das Finanças do Reino Unido vai prometer ‘o que for preciso’ em novo plano de orçamento da Covid
Ministro das Finanças do Reino Unido vai prometer 'o que for preciso' em novo plano de orçamento da Covid

3 de março de 2021 - 08:49 - Atualizado em 3 de março de 2021 - 08:50

Por William Schomberg

LONDRES (Reuters) – O ministro das Finanças do Reino Unido, Rishi Sunak, prometerá nesta quarta-feira que fará “o que for preciso”, incluindo a prorrogação de cinco meses de um enorme plano de resgate de empregos, para conduzir a economia pelo que ele espera que sejam os meses finais de restrições contra a Covid-19.

Sunak já acumulou o maior endividamento britânico desde a Segunda Guerra Mundial, e se voltará para os mercados de títulos novamente em seu discurso sobre o orçamento, dizendo que a tarefa de consertar as finanças públicas só começará quando uma recuperação estiver à vista.

“Estamos usando todo o nosso poder de fogo fiscal para proteger os empregos e a subsistência do povo britânico”, dirá Sunak, de acordo com trechos de seu discurso, que acontecerá ainda nesta quarta-feira.

“Em primeiro lugar, continuaremos a fazer o que for preciso para apoiar o povo e as empresas britânicos neste momento de crise”, dirá Sunak ao Parlamento.

“Em segundo lugar, quando estivermos no caminho da recuperação, precisaremos começar a consertar as finanças públicas — e quero ser honesto hoje sobre nossos planos para fazer isso. E, terceiro, no orçamento de hoje, começamos o trabalho de construção de nossa economia futura.”

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH220OF-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.