Economia

Minério de ferro tem maior salto semanal em 3 meses na China

Reuters
Reuters
Minério de ferro tem maior salto semanal em 3 meses na China
Escavadeira gigante em mina da Fortescue na Austrália

13 de novembro de 2020 - 09:52 - Atualizado em 13 de novembro de 2020 - 09:55

Por Enrico Dela Cruz

MANILA (Reuters) – Os contratos futuros do minério de ferro terminaram em queda nesta sexta-feira, mas o referência de Dalian registrou seu maior ganho semanal em três meses, na esperança de uma demanda robusta pela matéria-prima siderúrgica, uma vez que os estoques de aço da China diminuíram.

O minério de ferro na Bolsa de Commodities de Dalian fechou a sessão com queda de 0,8%, a 832,50 iuanes (125,67 dólares) a tonelada. Ele ganhou 5,3% na semana, sua maior alta semanal desde o início de agosto.

A demanda firme de aço dos usuários finais impulsionou os preços esta semana, com o minério de ferro spot atingindo uma máxima de quatro semanas de 124,50 dólares a tonelada na quinta-feira –tendo recuado 50 centavos nesta sexta-feira–, de acordo com a consultoria SteelHome.

Os estoques dos cinco principais produtos acabados de aço na China, maior produtor e consumidor mundial de metais ferrosos, caíram esta semana para 5,2 milhões de toneladas, de acordo com pesquisa da consultoria Mysteel com 184 usinas.

“Esta semana, a velocidade de desestocagem (do aço) excedeu 1 milhão de toneladas”, acelerando em relação aos níveis de outubro, disseram analistas da Sinosteel Futures em nota.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGAC0XU-BASEIMAGE