Economia

Minério de ferro sobe na China após Vale suspender operações de Viga

Reuters
Reuters
Minério de ferro sobe na China após Vale suspender operações de Viga
Terminal de minério de ferro do porto de Dalian, China

29 de setembro de 2020 - 13:45 - Atualizado em 29 de setembro de 2020 - 13:50

Por Enrico Dela Cruz

MANILA (Reuters) – Os futuros do minério de ferro avançaram nesta terça-feira após a mineradora Vale ter informado a suspensão das operações de uma usina de concentração no Brasil, embora as negociações tenham movimentado baixo volume devido à proximidade do feriado de Dia Nacional na China, de 1 a 8 de outubro.

O contrato mais negociado do material utilizado na fabricação do aço, para entrega em janeiro de 2021, avançou 1,4% na bolsa de Dalian, fechando a 780,50 iuanes (114,47 dólares) por tonelada, na segunda sessão seguida de alta.

O minério de ferro para entrega em outubro na bolsa de Cingapura subia 1,1% à tarde, na quarta sessão de ganhos.

A suspensão das operações da usina de concentração de Viga, da Vale, ocorreu após decisão judicial e reduzirá a produção de finos de minério de ferro da empresa em 11 mil toneladas por dia.

“A interrupção de oferta pode dar um apoio de curto prazo para o mercado, que caiu após máximas de seis anos tocadas mais cedo neste mês”, disseram estrategistas de commodities da ING em nota.

O minério de ferro também é sustentado pela demanda da China por aço, particularmente do setor de construção, que tem sido impulsionado por medidas de estímulo do governo focadas em infraestrutura.

“Nós antecipamos que a demanda chinesa por aço para construção, particularmente por vergalhão, seguirá sazonalmente robusta em outubro e novembro”, disseram analistas da casa de análises Navigate Commodities em Cingapura.

O vergalhão de aço na bolsa de Xangai fechou em alta de 0,1%.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG8S1ZF-BASEIMAGE