Economia

Minério de ferro avança, mas preocupações com inflação na China limitam ganhos

Reuters
Reuters
Minério de ferro avança, mas preocupações com inflação na China limitam ganhos
Terminal de minério de ferro no porto de Dalian, China

10 de junho de 2021 - 16:32 - Atualizado em 10 de junho de 2021 - 16:35

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) – Os futuros do minério de ferro encerraram em alta nesta quinta-feira, enquanto os contratos de referência do aço em Xangai subiram pela segunda sessão consecutiva, mas os ganhos foram limitados com a China reiterando sua meta de conter a inflação nas commodities.

O contrato mais negociado do minério de ferro para entrega em setembro na bolsa de commodities de Dalian fechou o pregão diurno com alta de 0,7%, a 1.178 iuanes (184,53 dólares) por tonelada.

Na bolsa de Cingapura, o contrato para julho do minério de ferro subia 1,6%, para 208 dólares por tonelada.

O sentimento do mercado era em geral positivo, com os preços spot também avançando apoiados por fortes fundamentos, segundo analistas.

O minério de ferro com teor de 62% no mercado spot para entrega na China foi negociado a 213 dólares por tonelada na quarta-feira, maior nível desde 19 de maio, segundo a consultoria SteelHome, embora houvesse apetite maior pela compra de minérios de menor teor, mais baratos, devido à recente pressão sobre as margens de lucro de siderúrgicas.

“Já temos visto relatos surgirem de que usinas na China reduziram a preferência por minério de maior teor com as margens do aço caindo de 75% a 85% desde os picos atingidos em meados de maio”, disse Vivek Dhar, analista de commodities do Commonwealth Bank of Australia.

“Como as margens das siderúrgicas seguem baixas, e possivelmente vão cair mais, esperamos que essa preferência se torne predominante.”

No aço, os futuros do vergalhão para construção na bolsa de futuros de Xangai encerraram com alta de 2,7%.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5915S-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.