Economia

Mercados da China fecham em queda com realização de lucros

Reuters
Reuters
Mercados da China fecham em queda com realização de lucros
Bolsa de Xangai

24 de novembro de 2020 - 07:36 - Atualizado em 24 de novembro de 2020 - 07:40

XANGAI (Reuters) – O mercado acionário da China fechou em baixa nesta terça-feira, com os investidores realizando lucros após rali recente, mostrando pouca reação à notícia de que o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, recebeu luz verde para iniciar a transição na Casa Branca.

Analistas disseram que uma presidência de Biden, que pode significar mais espaço de negociação para Washington e Pequim, não fará grande diferença para os mercados acionários chineses, já que esperam pouca mudança na política norte-americana voltada para a China.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,61%, enquanto o índice de Xangai teve perda de 0,34%.

Os subíndices imobiliário e de consumo discricionário do CSI300 recuaram 0,8% e 1,6%, respectivamente,

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que pediu que a diretora da Agência de Serviços Gerais (GSA, na sigla em inglês), Emily Murphy, inicie a transição de poder para o governo do presidente eleito Joe Biden, apesar de seus planos de continuar com as disputas jurídicas pelo resultado da eleição.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 2,50%, a 26.165 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,39%, a 26.588 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,34%, a 3.402 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,61%, a 4.974 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,58%, a 2.617 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,51%, a 13.807 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 1,50%, a 2.891 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 1,26%, a 6.644 pontos.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGAN0M9-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.