Economia

Mais de 110 mil mulheres chefes de família irão receber auxílio emergencial após revisão dos cadastros

As parcelas de R$ 375 serão pagas de forma retroativa em uma única transferência nesta sexta-feira (6) 

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do R7, com supervisão de Guilherme Becker
Mais de 110 mil mulheres chefes de família irão receber auxílio emergencial após revisão dos cadastros
(FOTO: MARCELLO CASAL JR/ AGÊNCIA BRASIL)

5 de agosto de 2021 - 12:45 - Atualizado em 5 de agosto de 2021 - 12:45

Nesta sexta-feira (6), após ser realizada uma nova revisão dos cadastros, mais de 110 mil mulheres chefes de família vão receber o auxílio emergencial de 2021, em uma única transferência, na suas contas sociais digitais. Para mulheres que recebem o Bolsa Família, o pagamento do benefício ocorre de forma distinta, respeitando o calendário regular do programa. As mães irão receber parcelas de R$ 375. 

O governo realizou uma nova análise de dados dos beneficiários que, por sua vez, confirmou a elegibilidade para receber o auxílio. O resultado de quem teve o benefício aprovado após a analise está disponível no site do auxílio emergencial, clicando aqui. 

O auxílio emergencial passa mensalmente por revisão dos requisitos de elegibilidade, conforme previsto na legislação. Os benefícios também são verificados em ações de auditoria, o que pode gerar o bloqueio, que não se trata da exclusão do direito, mas apenas da suspensão do prazo do pagamento até a conclusão das verificações do cadastro e da confirmação da legitimidade.