Lukas Rique
Liberdade Financeira

Por Lukas Rique

Economia
Lukas Rique

MERCADO DE AÇÕES – ARROZ COM FEIJÃO PARTE III

SAIBA O MELHOR TIPO DE OPERAÇÃO PARA VOCÊ

MERCADO DE AÇÕES – ARROZ COM FEIJÃO PARTE III

23 de outubro de 2020 - 13:56

No mercado financeiro existem diversas maneiras de você comprar e vender ativos, visando a obtenção de lucros de uma maneira que seja mais condizente com seu perfil de risco, perfil emocional, nível de conhecimento, disponibilidade de tempo, etc.

Não existe uma maneira melhor ou pior, existe aquela que melhor se adequa aos seus objetivos.

Abaixo vou lhe demonstrar 03 principais tipos de operações e como elas podem funcionar na prática.

01 – DAY TRADE:

Como o nome já diz, Day Trade significa uma transação diária, que se inicia em um dia e termina no mesmo dia. Esse formato operacional exige, na maioria das vezes, um nível de concentração, conhecimento e técnica relativamente mais elevados, pois durante um único pregão podem ocorrer diversas variações no preço dos ativos, muitas vezes motivadas por ruídos que ocorrem no mercado e que podem não apresentar um fundamento representativo para a oscilação dos preços, ou seja, além da técnica de analisar se determinado ativo vale a pena ou não, você deve saber distinguir se os ruídos e demais movimentações erráticas no preço são de fato situações representativas em sua operação.

02 – SWING TRADE:

Uma operação de Swing Trade pode se estender por vários dias, semanas, ou até meses. Geralmente apresenta uma análise que compõe, além de fatores técnicos, envolvem fundamentos mais elementares do ativo, como cenário micro e macroeconômico, perspectivas de resultado da companhia (caso for uma ação), tendências de mercado, etc. É um tipo de operação recomendada para aquele trader/investidor que busca uma estratégia menos volátil para suas operações, ou seja, não é uma pessoa que pode e quer ficar acompanhando o mercado diariamente para entrar e sair de suas operações diversas vezes, ele prefere optar por uma estratégia mais consistente e aguardar um período relativamente maior para obter resultados.

03 – POSITION TRADE:

Muito semelhante ao Swing Trade, pois visa também um período operacional mais alongado. O elemento que difere esse tipo de operação é que ela tende a durar um período ainda maior cujo principal objetivo do investidor é a maturação por completo daquele ativo que ele está carregando. Vamos dar um exemplo de um investimento em um apartamento na planta. Ao tomar a decisão de realizar esse investimento, o investidor entende que levará um tempo para o projeto ser concluído, posteriormente o apartamento será construído e somente assim ele poderá iniciar o processo de venda. Um outro exemplo pode ser dado através da reconhecida estratégia denominada de Buy&Hold, que é uma estratégia que consiste num investimento realizado constantemente num determinado ativo cujo qual não existe um prazo definido de encerramento. Tende a ser uma operação que remete a construção patrimonial de longo prazo, pois sempre o investidor estará aumentando sua posição naquele determinado investimento.

Aqui temos o exemplo das ações da Microsoft, que por muitos anos caminhou praticamente de “lado”, ou seja, não proporcionou retornos interessantes aos investidores, porém a partir de um dado momento a companhia se tornou extremamente bem-sucedida e após longo anos de espera trouxe o tão esperado resultado aos investidores, onde a ação saiu de R$ 71,00 para R$ 1.180,00, uma valorização de mais de 1.100%:

Se você deseja entender melhor os tipos de operações, disponibilizo abaixo um vídeo gratuito com uma explicação um pouco mais objetiva:

Até a próxima!