Lukas Rique
Liberdade Financeira

Por Lukas Rique

Economia
Lukas Rique

Se até seu engraxate estiver investindo em ações… Cuidado!

“Enquanto você não encontrar uma forma de ganhar dinheiro dormindo, nunca ficará rico”.

Se até seu engraxate estiver investindo em ações… Cuidado!
foto: divulgação

22 de julho de 2020 - 12:50 - Atualizado em 22 de julho de 2020 - 12:50

Com o devido respeito a todo profissional que atua como engraxate, mas esse é uma das emblemáticas frases ditas pelo ex-presidente norte americano John Kennedy:

“ – Quando até seu engraxate estiver investindo em determinada ação, venda tudo no mesmo dia.”

Essa expressão nos leva a entender a postura da maioria das pessoas quando se diz respeito a investimentos, principalmente no ambiente de bolsa de valores. Geralmente as pessoas tomam a decisão de investir em determinada ação, quando começam a escutar por várias fontes que essa pode ser uma boa opção, leem nos jornais sobre os avanços da companhia, possibilidades de crescimento, inovações, e tudo que pode fazer com que o preço desse ativo se valorize.

Acontece que, a grande maioria dos investidores que opta por iniciar seus investimentos nesses momentos, podem estar sendo levados pelo conhecido “efeito manada” – que nada mais é do que o fato de seguir aquilo que todos estão fazendo – e certamente poderá iniciar num momento não tão oportuno, pagando por essa ação um preço acima do que ela efetivamente possui de valor.

Warren Buffett, um dos maiores investidores da atualidade, com fortuna avaliada em mais de 60 bilhões de dólares, diz o seguinte: “Seja prudente quando os outros são vorazes e seja voraz quando os outros são prudentes”. Basicamente o recado é esse: faça o contrário do que a maioria está fazendo.

O mercado caminha em ciclos, todo movimento de alta possui uma correção para baixo, e todo movimento de queda possui uma correção para cima, o que nos leva a entender basicamente o que foi dito há muitos anos atrás, mais precisamente em 1810 pelo financista londrino Nathan Rothschild: “Compre ao som dos canhões e venda ao som dos violinos”.

É seguindo esse simples fundamento que muitas fortunas foram criadas ao longo da história na bolsa de valores. Milionários multiplicam suas fortunas todos os anos aproveitando-se de momentos de pânico do mercado para “encherem seus carrinhos” aproveitando as barganhas do mercado financeiro, afinal de contas, o mercado é totalmente irracional e reflete nada mais nada menos do que o sentimento das pessoas, ou seja, nos demonstra a ineficiência das cotações de tela para refletir o valor real de uma companhia.

Para toda decisão de investimento que formos tomar devemos levar em consideração um aspecto fundamental: preço é diferente de valor.

Preço é o que você paga. Valor é o que você leva! As empresas que possuem alto valor e estão precificadas com desconto, ou seja, estão baratas sobre o ponto de vista de preço, certamente podem ser excelentes oportunidades de investimento, e o melhor de tudo: muitas vezes não estão sendo observadas pela grande maioria das pessoas, o que nos protege de tomarmos uma decisão baseado no impulso ou no viés da disponibilidade, que significa que a ação está a todo momento na mídia, nos jornais, na boca do povo, ou até mesmo “seu engraxate comentando a respeito”.

Geralmente, as empresas que todos estão falando, já possuem uma precificação baseada na expectativa futura do investidor, ou seja, negociam baseadas em múltiplos mais “caros” simplesmente pelo fato de já existir uma ideia de que o crescimento da companhia é algo certo, a exemplo das empresas de tecnologia, que por se tratar de um setor que tende a crescer cada vez mais nos dias de hoje, as companhias desse segmento podem ser mais caras do que companhias de outros segmentos, com menor evidência.

Obviamente que para tudo na vida existe o lado ruim e o lado bom, mas a grande máxima que devemos nos atentar nessa “roda da fortuna” é que o melhor remédio para evitar perdas financeiras no futuro é não fazer o que todos estão fazendo simplesmente pelo medo de ficar de fora da brincadeira, (ou do inglês FOMO = “Fear Of Missing Out”). Procure estudar a fundo os fundamentos da empresa, entender o negócio cujo qual você está se tornando sócio (sim sócio, ao comprar uma ação você também passa a ser dono da empresa) e procure pagar o mais barato possível pela ação, pois isso lhe dará uma margem de segurança maior caso algo dê errado (e pode apostar, como diz a Lei de Murphy: se alguma coisa pode dar errado, ela dará), fazendo com que você possa dormir tranquilo sabendo que tomou uma boa decisão de investimento para seu dinheiro.

E falando em dormir, lembre-se: “enquanto você não encontrar uma forma de ganhar dinheiro dormindo, nunca ficará rico”. Então comece o quanto antes a colocar seu dinheiro para trabalhar para você, mas por favor, comece do jeito certo.

Até a próxima.