Economia

Leilão de privatização da Celg-GT é adiado para o 2º semestre

Reuters
Reuters
Leilão de privatização da Celg-GT é adiado para o 2º semestre
Instalação de geração de energia em Itumbiara (GO)

26 de abril de 2021 - 20:08 - Atualizado em 26 de abril de 2021 - 20:10

SÃO PAULO (Reuters) – O leilão de privatização da elétrica Celg Geração e Transmissão (Celg-GT), controlada pelo Estado de Goiás, foi adiado para o segundo semestre deste ano, em data ainda a ser definida, informou nesta segunda-feira a CelgPar, empresa pela qual o governo goiano comanda os ativos de energia.

O certame estava inicialmente marcado para ocorrer no próximo dia 13 de maio, na B3, mas foi postergado para evitar a “a realização concomitante com outras operações do setor” e visando a análise de eventos que podem resultar em alterações nas condições da operação, disse a elétrica.

Entre esses eventos, a CelgPar citou a solicitação, por parte de investidores interessados, de um prazo maior para análise das informações e documentos da operação, bem como para análise da viabilidade de segregação dos ativos de transmissão e geração.

Também foi mencionada a decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de dar provimento parcial aos pleitos da Celg-GT sobre revisões periódicas de Receita Anual Permitida (RAP).

“Eventuais informações adicionais serão comunicadas pela CelgPar aos seus acionistas e ao mercado”, concluiu a companhia.

(Por Gabriel Araujo)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3P1FG-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.