Economia

Kaplan, do Fed, vê custos de se manter juros perto de zero

Reuters
Reuters
Kaplan, do Fed, vê custos de se manter juros perto de zero
(Blank Headline Received)

29 de setembro de 2020 - 11:30 - Atualizado em 29 de setembro de 2020 - 11:35

(Reuters) – O banco central norte-americano deveria manter os juros em seu nível atual perto de zero até que a economia esteja de volta ao caminho da saúde plena, provavelmente até o final de 2022 ou em algum momento de 2023, disse nesta terça-feira o presidente do Federal Reserve de Dallas, Robert Kaplan.

Mas, como a economia dos Estados Unido deve mudar de maneiras imprevisíveis ao longo dos próximos anos, disse ele, o Fed não deve ficar de mãos atadas sobre a política monetária depois de passada a crise do coronavírus.

Nesse ponto, disse Kaplan em ensaio explicando suas visões, o Fed “deveria estar disposto a ser mais expansionista do que no passado”, mas pode fazer isso mesmo que suba a taxa de juros um pouco.

“Acredito que há custos reais de manter os juros em zero por um período prolongado”, inclusive tomada excessiva de risco e distorções nos mercados financeiros.

Novas políticas tributárias, regulatórias ou comerciais; mudanças no papel do dólar como moeda de reserva mundial e potencial aceleração de interferências tecnológicas podem também impactar a maneira como a economia funciona e como Fed precisará reagir, disse ele.

(Reportagem de Ann Saphir)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG8S1PR-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.