Economia

Itaú paga R$2,4 bi e terá contas de servidores e pagamento a fornecedores em MG

Reuters
Reuters
Itaú paga R$2,4 bi e terá contas de servidores e pagamento a fornecedores em MG
Logotipo do Itaú na fachada de agência do banco.

16 de julho de 2021 - 20:05 - Atualizado em 16 de julho de 2021 - 20:05

SÃO PAULO (Reuters) – O Itaú Unibanco informou nesta sexta-feira que venceu a licitação do governo de Minas Gerais pela folha de pagamento de servidores estaduais e pagamento a fornecedores.

A proposta apresentada prevê pagamento de 2,4 bilhões de reais para a gestão de folha de pagamento.

O acordo vale por cinco anos e o banco prevê uma movimentação mensal de cerca de 4,8 bilhões de reais.

O pagamento da oferta será registrado como intangível e seu reconhecimento no resultado será diferido, afirmou o Itaú.

A operação envolve 618 mil servidores de Minas Gerais, 20% deles na região metropolitana da capital Belo Horizonte, com saldo de crédito consignado de 7,7 bilhões de reais, além de 6,3 mil fornecedores pessoas jurídicas do Estado.

O Itaú Unibanco disponibilizará a abertura de conta corrente digital e por meio de novos pontos físicos dedicados, adicionais às agências já existentes em Minas Gerais.

“O processo encontra-se em fase de formalização do contrato”, concluiu o banco em fato relevante.

A receita com a venda da folha ajudará o governo mineiro a regularizar pagamentos a servidores, que têm recebido salários de forma parcelada, disse o governador, Romeu Zema (Novo). Segundo ele, a partir de agosto todas as categorias vão receber o pagamento de forma integral e no quinto dia útil, de acordo com website do governo.

(Por Aluísio Alves)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6F15X-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.