Economia

IRB Brasil tem prejuízo de R$620 milhões no 4º trimestre

Reuters
Reuters

19 de fevereiro de 2021 - 09:38 - Atualizado em 19 de fevereiro de 2021 - 09:38

SÃO PAULO (Reuters) – O IRB Brasil Re teve nova rodada de prejuízo no quarto trimestre, uma vez que novos ajustes estratégicos levou o atribulado grupo ressegurador a perdas extraordinárias, enquanto o volume de geração de prêmios também empacou.

A empresa anunciou na noite de quinta-feira prejuízo líquido de 620,2 milhões de reais para outubro a dezembro, ante lucro reapresentado de 654,4 milhões de reais um ano antes.

No acumulado de 2020, ano em que foi atingida por denúncias de fraudes e foi obrigada a fazer um ajuste bilionário para voltar a obedecer enquadramento regulatório sobre índices de liquidez e cobertura de provisões técnicas, o IRB acumulou um prejuízo de 1,5 bilhão de reais.

Segundo o IRB, o maior impacto negativo no quarto trimestre foi uma peda de 335,9 milhões de reais referente a um crédito tributário por prejuízos acumulados nas operações em Londres. A empresa esperava recuperar isso ao longo de alguns anos.

“No entanto, em razão das presentes condições de mercado, a administração do IRB concluiu ser pouco provável a recuperação de tal crédito tributário”, afirmou a companhia no balanço.

Além disso, o IRB teve um salto nos níveis de sinistros, os valores que tem que pagar de indenização a segurados. O sinistro retido total foi de 837,9 milhões de reais, alta de 17,9%.

Por fim, os prêmios emitidos no Brasil, de 1,02 bilhão de reais, foram 13,6% menores do que um ano antes, com forte recuo nos segmentos de linhas especiais e de aviação. Os prêmios no exterior cresceram 15,5%, a 1,06 bilhão de reais, com queda também em aviação e riscos especiais, além de vida, com a descontinuação de alguns negócios.

O IRB avisou ainda que no mês passado concluiu acordo judicial com a Eletronorte para reaver 358 milhões de reais como ressarcimento de sinistro envolvendo interrupção de energia elétrica fornecida pela empresa de energia.

(Por Aluísio Alves)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.