Investimentos

Novo pátio de aeronaves de Maringá vai custar mais de R$ 80 milhões

Dos R$ 81,5 milhões investidos no aeroporto de Maringá, 94% são investimentos do Governo Federal

Gabriel
Gabriel Trevisan
Novo pátio de aeronaves de Maringá vai custar mais de R$ 80 milhões
Obras no pátio de aeronaves do aeroporto de Maringá seguem dentro do cronograma/ Foto: Mileny Melo/ PMM

14 de agosto de 2020 - 15:22 - Atualizado em 15 de agosto de 2020 - 09:34

A primeira parte da obra do novo pátio de aeronaves de Maringá foi entregue nesta quinta-feira (13/8). Orçada em R$ 81,5 milhões, a ampliação de 280 metros da pista de pouso e decolagem do aeroporto de Maringá vai transformar o local na maior pista do Paraná.

“Essa é a obra mais importante de Maringá nesse momento. As intervenções também viabilizarão o transporte de carga internacional”, afirmou o prefeito Ulisses Maia.

Iniciada em novembro de 2019, as obras inciais envolveram a demolição e reconstrução do pátio de pouso e decolagem, assim como a construção da taxiway de 1.500 metros na margem da pista principal. A princípio, a primeira parte do novo pátio de aeronaves já ira agilizar a manobra dos aviões no local.

Com previsão de entrega para dezembro de 2020, a primeira etapa das obras representa 60% do projeto concluído. Segundo a assessoria da Prefeitura de Maringá, a obra esta dentro do cronograma “em ritmo mais acelerado do que o planejado”.

Além da ampliação do pátio de manobras de veículos, as intervenções também contemplam a revitalização e alargamento da via de acesso de emergência, reforma e ampliação da seção de contra incêndio (SCI) e adequação da faixa da pista de voo.

A pintura da sinalização horizontal, implantação de sinalização vertical, instalação do balizamento luminoso e implantação da rede de drenagem também foram melhoradas. Mesmo com as obras, o tráfego aéreo não foi interrompido.

Dos R$ 81,5 milhões investidos, 6% foi repassado pelo município, o que somam R$ 4,89 milhões. O restante do dinheiro é recurso do Governo Federal, obtido por meio da Secretaria de Aviação Civil.