Economia

Início de construção de novas moradias nos EUA cai em janeiro

Reuters
Reuters
Início de construção de novas moradias nos EUA cai em janeiro
Moradias em construção em Chico, Califórnia (EUA)

18 de fevereiro de 2021 - 13:34 - Atualizado em 18 de fevereiro de 2021 - 13:35

WASHINGTON (Reuters) – A construção de novas moradias nos Estados Unidos caiu mais do que o esperado em janeiro em meio à disparada nos preços da madeira, embora um aumento nas licenças para construção futura sugira que o mercado imobiliário continua sendo sustentado por estoques magros e taxas de hipoteca historicamente baixas.

O início de construção de moradias caiu 6,0%, para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 1,580 milhão de unidades no mês passado, disse o Departamento de Comércio dos EUA nesta quinta-feira.

Economistas consultados pela Reuters previam que a leitura cairia para 1,658 milhão de unidades em janeiro. A construção residencial recuou 2,3% na comparação anual.

As permissões para futuras construções saltaram 10,4%, para uma taxa de 1,881 milhão de unidades em janeiro. As permissões em geral se tornam início de construções em um a dois meses.

(Por Lucia Mutikani)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1H1E3-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.