Economia

Índices europeus sobem com ganhos do petróleo e esperanças de estímulo

Reuters
Reuters
Índices europeus sobem com ganhos do petróleo e esperanças de estímulo
Homem passa por telão com índice FTSE em Londres

4 de dezembro de 2020 - 14:41 - Atualizado em 4 de dezembro de 2020 - 14:45

Por Susan Mathew

(Reuters) – Ações de petróleo impulsionaram os mercados europeus nesta sexta-feira, com o índice de Londres atingindo máximas de nove meses, enquanto a fraca criação de empregos nos Estados Unidos fortaleceu as esperanças de um estímulo fiscal. O índice FTSE 100 de Londres subiu 0,9%, já que os preços do petróleo aumentaram após um acordo entre os membros da Opep+ para continuar a aumentar levemente a produção a partir de janeiro, apesar da continuidade da maior parte das restrições de oferta existentes. O índice de petróleo e gás da Europa saltou 3,1%. Nos Estados Unidos, dados mostraram que a economia criou o menor número de vagas de trabalho em seis meses em novembro, mas o mercado se recuperou rapidamente à medida que aumentavam as esperanças de que o governo aprove um pacote de alívio ao coronavírus de 908 bilhões de dólares. “Vacinas, o reinício das tratativas sobre estímulos e o novo governo (dos EUA) e um cenário internacional menos conflituoso ainda serão os temas que impulsionam o mercado”, disse Marvin Loh, estrategista sênior para macro global da State Street Global Markets. O índice pan-europeu STOXX 600 subiu 0,6%, ajudando-o a entrar em território positivo no desempenho semanal – sua quinta semana consecutiva no azul. Dados econômicos decepcionantes e a incerteza em torno do Brexit pesaram sobre o índice esta semana. O progresso em torno de um acordo comercial pós-Brexit ainda permanecia incerto. Autoridades da União Europeia afirmaram que um acordo poderia finalmente ser alcançado neste fim de semana, mas Londres insistiu que as negociações ainda permaneciam “muito difíceis”.

. Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,92%, a 6.550 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX teve alta de 0,35%, a 13.298 pontos.

. Em PARIS, o índice CAC-40 valorizou-se 0,62%, a 5.609 pontos.

. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve alta de 0,78%, a 22.178 pontos.

. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,49%, a 8.322 pontos.

. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,37%, a 4.702 pontos.

(Reportagem adicional de Herbert W Lash em Nova York)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGB31IZ-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.