Economia

Índice acionário de Xangai fecha em alta com mercado de olho em novo suporte do governo

Reuters
Reuters
Índice acionário de Xangai fecha em alta com mercado de olho em novo suporte do governo
.

18 de novembro de 2020 - 07:39 - Atualizado em 18 de novembro de 2020 - 07:40

XANGAI (Reuters) – Os mercados acionários da China devolveram alguns de seus ganhos iniciais, com o Índice de Xangai fechando a sessão em leve alta nesta quarta-feira, depois da promessa do governo de implementar medidas adicionais para impulsionar a economia afetada pelo coronavírus.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,06%, enquanto o índice de Xangai teve ganho de 0,22%.

A China vai promover o crescimento econômico em uma faixa “razoável” ao mesmo tempo em que busca desenvolvimento de maior qualidade”, disse o premiê Li Keqiang na terça-feira segundo a rádio estatal.

As declarações ajudaram a aliviar as preocupações do investidor de que as autoridades podem em breve abandonar os planos de estímulo no momento em que a recuperação na segunda maior economia do mundo ganha força.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,10%, a 25.728 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,49%, a 26.544 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,22%, a 3.347 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,06%, a 4.891 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,26%, a 2.545 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 1,33%, a 13.773 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,36%, a 2.788 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,51%, a 6.531 pontos.

(Reportagem de Winni Zhou e Andrew Galbraith)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGAH0PH-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.