Economia

Incerteza fiscal e mudança em regras de hedge são fatores por trás de patamar do câmbio, diz Serra

Reuters
Reuters
Incerteza fiscal e mudança em regras de hedge são fatores por trás de patamar do câmbio, diz Serra
Notas de dólar e real fotografadas no Rio de Janeiro (RJ)

12 de janeiro de 2021 - 13:53 - Atualizado em 12 de janeiro de 2021 - 13:55

BRASÍLIA (Reuters) – A incerteza fiscal é um fator muito importante para explicar o nível em que está a taxa de câmbio, além da mudança nas regras de hedge anunciada durante a pandemia, disse nesta terça-feira o diretor de Política Monetária do Banco Central, Bruno Serra.

Ao comentar sobre câmbio e variáveis macroeconômicas, o diretor afirmou, contudo, que sua expectativa no longo prazo é que haja um retorno a um equilíbrio estrutural.

Serra disse ainda não ver muita mudança no cenário fiscal desde a última reunião do Copom, ocorrida nos dias 8 e 9 de dezembro, mas afirmou que o BC segue trabalhando com seu cenário-base, que contempla manutenção do teto de gastos.

(Por Isabel Versiani)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH0B18D-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.