Economia

Ifo corta projeção de crescimento da Alemanha devido a gargalos no fornecimento

Reuters
Reuters
Ifo corta projeção de crescimento da Alemanha devido a gargalos no fornecimento
Lockdown nas ruas de Hamburgo, Alemanha

16 de junho de 2021 - 09:20 - Atualizado em 16 de junho de 2021 - 09:25

BERLIM (Reuters) – A economia alemã crescerá 3,3% neste ano, taxa mais fraca do que o esperado antes, já que gargalos de oferta na manufatura estão limitando a produção industrial, previu o instituto econômico Ifo nesta quarta-feira.

A projeção de crescimento menor para a maior economia da Europa representou um corte de 0,4 ponto percentual em comparação com a estimativa anterior de março, informou o Ifo.

Para 2022, o instituto elevou sua projeção de crescimento do PIB de 3,2% para 4,3%.

“No curto prazo, os gargalos na entrega de produtos primários, em particular, estão travando a economia”, disse o economista do Ifo, Timo Wollmershaeuser.

A recuperação da pandemia e os gargalos no fornecimento de chips, madeira e outros materiais estão elevando os preços, e o Ifo prevê que a inflação salte para 2,6% neste ano, ante 0,6% em 2020, e depois recue para 1,9% em 2022.

A forte recuperação provavelmente aumentará a demanda interna e, com ela, as importações, que devem superar as exportações em 2021 e 2022.

Isso ajudará a reduzir o superávit em conta corrente da Alemanha para 5,8% da produção econômica em 2021 e 4,9% em 2022, ficando abaixo do limite da União Europeia de 6% pela primeira vez em muitos anos, disse o instituto.

(Por Michael Nienaber)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5F0OO-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.