Economia

Ibovespa sobe em sessão com vencimento de opções e sem Wall St

Reuters
Reuters
Ibovespa sobe em sessão com vencimento de opções e sem Wall St
.

18 de janeiro de 2021 - 18:42 - Atualizado em 18 de janeiro de 2021 - 18:45

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) – O Ibovespa fechou em alta nesta segunda-feira, marcada por vencimento de opções sobre ações e sem o referencial de Wall Street por feriado nos Estados Unidos, com Weg capitaneando os ganhos e renovando máximas históricas.

A semana na bolsa paulista também começou sob efeito do início da vacinação contra a Covid-19 no Brasil após a Anvisa aprovar no domingo o uso emergencial dos imunizantes da AstraZeneca e da Sinovac.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,74%, a 121.241,63 pontos, tendo chegado a 122.585,82 pontos na máxima da sessão.

O volume financeiro somou 46,7 bilhões de reais, inflado pelo exercício de opções sobre ações, units e cotas de ETF, que movimentou 21,399 bilhões de reais, sendo 16,278 bilhões de reais em opções de compra e 5,121 bilhões de reais de venda.

Na visão de André Machado, sócio-fundador do Projeto Os 10%, de formação de traders, foi um dia atípico, em que o vencimento de opções coincidiu com um feriado nos EUA.

Ele destacou que o começo da sessão trouxe dúvidas sobre quão precificado estava o início da vacinação no país, e que a primeira etapa da sessão chegou a sugerir que a notícia não estava no preço, com o sinal positivo prevalecendo na bolsa.

O enfraquecimento do Ibovespa passado o vencimento de opções, porém, sinalizou que os ganhos mais fortes estavam mais atrelados ao exercício, avaliou Machado, conhecido como o Ogro de Wall Street.

Para ele, a tendência ficará mais clara na terça-feira, com a volta dos mercados nos EUA e as atenções também voltadas para a posse do novo presidente norte-americano Joe Biden, na quarta-feira.

Da cena brasileira, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado sinalizador do PIB, subiu 0,59% em novembro ante outubro, de acordo com dado dessazonalizado, acima do esperado.

Ao mesmo tempo, contudo, investidores seguem atentos ao noticiário político, tanto a movimentação do governo atrelada às vacinas contra o coronavírus como desdobramentos sobre a disputa para o comando da Câmara e do Senado.

O reforço externo veio da China, onde o PIB cresceu 2,3% em 2020, com a economia chinesa expandindo 6,5% no quarto trimestre na comparação com o mesmo período do ano anterior, superando expectativa em pesquisa da Reuters de 6,1%.

DESTAQUES

– WEG ON subiu 7,02%, para 92,21 reais, nova máxima de fechamento, chegando a registrar 92,31 reais no melhor momento, recorde intradia. Mesmo com algumas visões de que a cotação está ‘esticada’, analistas avaliam que fundamentos sólidos da companhia continuarão apoiando seu crescimento e seus retornos, e consideram positiva a estratégia da empresa de explorar novas oportunidades em áreas como soluções digitais e energia renovável.

– BTG PACTUAL UNIT valorizou-se 3,97%, tendo no horizonte precificação de oferta primária na quinta-feira. ITAÚ UNIBANCO PN cedeu 0,51% e BRADESCO PN subiu 0,34%. O UBS BB espera redução no custo de risco e despesas operacionais dos maiores bancos brasileiros no último trimestre de 2020, o que pode trazer surpresas para os guidances deste ano, embora vislumbre margens financeiras pressionadas.

– HAPVIDA ON teve alta de 3,64%, tendo de pano de fundo recomendações de bancos para compra da ação da Rede D’Or São Luiz, citando entre os fatores perspectivas de consolidação no setor de hospitais. NOTRE-DAME INTERMÉDICA ON subiu 3,66%. Mais cedo no mês, Hapvida fez oferta para comprar a Intermédica.

– EQUATORIAL ON e ENERGISA UNIT caíram 2,14% e 1,55%, com o setor elétrico entre os destaques negativos. A Aneel tirou de pauta da reunião de terça-feira item que discutiria como distribuidoras devem devolver a consumidores de valores pagos a mais em PIS e Cofins na conta de luz nos últimos anos. O índice do setor recuou 1,21% na B3.

– AZUL PN e GOL PN avançaram 1,82% e 1,02%, respectivamente, enquanto CVC BRASIL ON valorizou-se 1,56%, na esteira do otimismo com o começo da vacinação no país, após a pandemia de Covid-19 dizimar a demanda por voos e viagens.

– PETROBRAS PN cedeu 0,18%, em meio à fraqueza do petróleo no exterior. A companhia elevará o preço médio da gasolina nas refinarias em cerca de 8% a partir de terça-feira, após três semanas sem mudanças nas cotações, segundo dados da petroleira e cálculos da Reuters.

– VALE ON teve acréscimo de 0,81%, após o futuros do minério de ferro na China e em Cingapura tocarem máximas de quatro semanas nesta segunda-feira, em meio aos dados da China, que ajudaram a voltar foco dos investidores a perspectivas de demanda. Além disso, o Instituto Aço Brasil divulgou que as usinas siderúrgicas do país elevaram a produção em dezembro na comparação anual e praticamente mantiveram o volume de aço produzido ante novembro.

– CARREFOUR BRASIL ON perdeu 1,43%, seguindo o viés da ação do seu controlador, tendo no radar que a Couche-Tard desistiu de oferta de 16,2 bilhões de euros pelo grupo Carrefour após o governo francês se opor ao negócio, citando preocupações com a segurança alimentar.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH0H18C-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.