Economia

Ibovespa sobe com bancos e supera 116 mil pontos, sem tirar Brasília do radar

Reuters
Reuters
Ibovespa sobe com bancos e supera 116 mil pontos, sem tirar Brasília do radar
Sede B3

30 de março de 2021 - 11:11 - Atualizado em 30 de março de 2021 - 11:15

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) – O Ibovespa buscava se sustentar no azul nesta terça-feira, com a alta de bancos prevalecendo sobre o ajuste negativo de Vale, enquanto agentes ainda analisam as potenciais repercussões das últimas mudanças na equipe do governo federal.

Às 11:07, o Ibovespa subia 0,74%, a 116.271,23 pontos. O volume financeiro era de 5,2 bilhões de reais.

Na visão da equipe da Genial Investimentos, o Ibovespa deve continuar repercutindo nesta sessão o noticiário doméstico, à medida que o mercado busca mais informações sobre a troca das seis pastas ministeriais realizadas na segunda-feira.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou na véspera inesperada troca dos titulares de ministérios, incluindo as pastas de Justiça e Defesa, além de entregar a articulação política a uma deputada ligada ao centrão.

“Essas ações aumentam o grau de incerteza política, em um momento que investidores já se encontram desacreditados com o governo”, afirmou a Genial em nota a clientes.

Para o estrategista Dan Kawa, da TAG Investimentos, as mudanças podem beneficiar a articulação política e a boa interlocução entre o Executivo e o Legislativo, o que seria positivo para a agenda de reformas.

“É claro que existe um abismo entre teoria e execução, mas é sempre importante começar ou dar o primeiro passo”, observou, ponderando ainda que há também outros obstáculos a superar, como a questão do orçamento.

Wall Street abriu em queda, com um aumento dos rendimentos dos Treasuries pressionando ações de tecnologia, embora o desempenho de bancos e do setor industrial, com perspectiva de reabertura da economia, atenuassem as perdas.

Os pregões europeus, por sua vez, mostravam ganhos amparados em esperança de uma recuperação econômica puxada por vacinas, com bancos se recuperando após receios na véspera depois que um hedge fund dos EUA não cumpriu chamadas de margem.

DESTAQUES

– GOL PN subia 7%, em sessão de alta no setor de viagens, com AZUL ON em alta de 5,84% e CVC BRASIL ON ganhando 5,89%, apesar do quadro ainda grave da pandemia de coronavírus no país.

– MRV ON avançava 3,98%, em sessão de recuperação de construtoras, com o índice do setor imobiliário em alta de 2,1%. CYRELA ON e EZTEC ON valorizavam-se 2,64% e 2,74%, respectivamente.

– COSAN ON tinha elevação de 3,55%. A Raízen, joint venture entre o grupo sucroalcooleiro e a Royal Dutch Shell, escolheu BTG Pactual, Bank of America, Citi e Credit Suisse como coordenadores de seu IPO, que deve levantar até 13 bilhões de reais, disseram fontes à Reuters.

– ITAÚ UNIBANCO PN subia 1,1% e BRADESCO PN avançava 1,56%, ajudando do lado positivo.

– VALE ON recuava 0,86% após alta de quase 6% nos últimos dois pregões. GERDAU PN mostrava variação positiva de 0,14%, mas USIMINAS PNA perdia 0,9% e CSN ON caía 0,91%.

– PETROBRAS PN subia 0,13%, em sessão de queda dos preços do petróleo no exterior, onde o Brent recuava 1,26%. A companhia divulgou na noite da véspera que demitiu um gerente de alto escalão, sem justa causa, após constatar que ele negociou ações da empresa nos dias anteriores à divulgação de seus resultados financeiros.

Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

(Edição Alberto Alerigi Jr.)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH2T0ZT-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.