Economia

Ibovespa recua com ajustes após superar 118 mil pontos; Sabesp sobe

Reuters
Reuters
Ibovespa recua com ajustes após superar 118 mil pontos; Sabesp sobe
Sede B3

9 de abril de 2021 - 11:17 - Atualizado em 9 de abril de 2021 - 11:20

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) – O Ibovespa mostrava certeza fraqueza nesta sexta-feira, em meio a ajustes após superar 118 mil pontos e sem uma tendência clara no exterior, enquanto Sabesp avançava na esteira de autorização de reajuste tarifário.

Às 11:10, o Ibovespa caía 0,45%, a 117.779,97 pontos. O volume financeiro somava 5,6 bilhões de reais.

Na visão da equipe do Safra, o Ibovespa segue em tendência de alta no curto prazo após ter encerrado na véspera acima de sua resistência em 117.300 pontos.

“Acima desta, poderá encontrar sua próxima resistência em 120.900 pontos. Do lado da baixa, encontrará suporte em 115.000 pontos. Se perder este, poderá chegar ao suporte em 110.900 pontos”, afirmaram os analisas em relatório a clientes.

Wall Street mostrava desempenho misto, com o Nasdaq em queda, enquanto o S&P 500 e o Dow Jones já renovaram máximas históricas. O petróleo tinha encerrava a semana com perdas.

DESTAQUES

– SABESP ON valorizava-se 2%, após a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de São Paulo autorizar revisão tarifária da companhia, com cobrança de 5,1251 reais por metro cúbico para 2021.

– VIA VAREJO ON perdia 2,55%, com papéis de comércio eletrônico corrigindo após forte valorização na véspera. MAGAZINE LUIZA ON perdia 0,5% e B2W ON recuava 1,45%.

– PETROBRAS PN cedia 0,25%, tendo no radar a queda dos preços do petróleo no exterior, além de assembleia geral extraordinária (AGE) da companhia na segunda-feira. A empresa recebeu de acionistas que detêm em conjunto mais de 5% das suas ações ordinárias a solicitação de adoção do sistema de voto múltiplo na eleição de candidatos ao conselho.

– VALE ON perdia 0,6%, após o minério de ferro negociado na bolsa de Dalian cair nesta sexta-feira, uma vez que os futuros do aço em Xangai ampliaram suas perdas.

– BRADESCO PN subia 1,3%, em sessão de recuperação, com ITAÚ UNIBANCO PN em alta de 0,6%. BANCO DO BRASIL ON avançava 1,3%, tendo ainda no radar comunicado de que a abertura de capital da Elo continua em estudo “ainda não conclusivo”. Na véspera, a Reuters noticiou que a Elo escolheu seis bancos para coordenar o IPO.

– HYPERA ON avançava 1%, após divulgar projeções para 2021, incluindo projeção de lucro líquido das operações continuadas ao redor de 1,55 bilhão de reais e Ebitda ajustado das operações continuadas de 2 bilhões de reais. A empresa promove reunião com analistas e investidores à tarde.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH380YA-BASEIMAGE