Economia

Ibovespa avança com resultados e sem tirar Brasília do radar

Reuters
Reuters
Ibovespa avança com resultados e sem tirar Brasília do radar
Bolsa de valores de São Paulo

24 de fevereiro de 2021 - 20:00 - Atualizado em 24 de fevereiro de 2021 - 20:05

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) – O Ibovespa fechou em alta nesta quarta-feira, com Weg e Gerdau entre os destaques positivos após resultados robustos no quarto trimestre, enquanto agentes financeiros continuaram digerindo os últimos movimentos de Brasília, particularmente os relacionados à Petrobras e aos planos de privatização do governo.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,38%, a 115.667,78 pontos, após trocar de sinal algumas vezes durante o pregão, chegando a 114.668,41 pontos na mínima e a 116.207,59 pontos na máxima. O volume financeiro somou 37,4 bilhões de reais.

Na visão do superintendente de renda variável e sócio da BlueTrade, Leonardo Peggau, o índice “respirou” um pouco após a forte volatilidade do começo da semana, quando receios sobre a autonomia da Petrobras provocaram um efeito manada de venda, movimento que na terça-feira perdeu o fôlego.

Após fechar em queda de 4,87% na segunda-feira, maior perda percentual diária desde 24 de abril do ano passado, o Ibovespa encerrou o pregão da véspera com acréscimo de 2,27%.

Peggau atribuiu parte da melhora ao noticiário sobre medidas provisórias relacionadas à privatização da Eletrobras e dos Correios, avaliando que são movimentos que podem até ofuscar a questão da Petrobras, a depender dos próximos desdobramentos com a planejada troca de comando na petrolífera.

Uma bateria de balanços divulgados entre a noite de terça-feira e a manhã desta quarta-feira também ocupou as atenções, com a agenda para o final do dia também relevante, incluindo os números de Petrobras, SulAmérica e Ultrapar.

O analista Rafael Ribeiro, da Clear Corretora, observou que o Ibovespa estacionou na faixa de 116 mil pontos. “Em termos gráficos, somente a confirmação do rompimento deste patamar para anular o viés de baixa ganho com a forte queda de segunda-feira”, afirmou.

DESTAQUES

– GERDAU PN subiu 5,48%, após a siderúrgica divulgar o melhor resultado operacional medido pelo Ebitda ajustado para um quarto trimestre na história da companhia. A empresa também elevou previsão de investimentos para 2021 citando “desempenho bastante favorável” na geração de fluxo de caixa livre. No setor, USIMINAS PNA avançou 9,53% e CSN ON ganhou 4,3%. VALE ON fechou em alta de 1,01%, tendo no radar balanço previsto para a quinta-feira, após o fechamento.

– WEG ON valorizou-se 3,63% após mais um resultado robusto. O Ebitda da fabricante de motores elétricos, tintas industriais e produtos de automação e controle industrial cresceu 47,2% no quarto trimestre, com margem de 20,1%. A receita operacional líquida cresceu 29,4% ano a ano.

– BRASKEM PNA avançou 10,14%, endossada por relatório do JPMorgan melhorando a recomendação dos papéis para “overweight” e elevando o preço-alvo para 37,5 reais, de 25 reais antes. No documento, o analista Ricardo Rezende elenca entre os fatores para tal visão positiva a resiliência dos spreads petroquímicos por um período mais longo do que o inicialmente esperado e a notícia recente envolvendo Alagoas, resultando em economia 3 bilhões de reais.

– ELETROBRAS PNB fechou em alta de 4,94%, dando continuidade à alta da véspera. O governo federal entregou na noite de terça-feira uma medida provisória associada a seus planos de privatização da elétrica federal. A MP permite que o BNDES inicie estudos sobre a desestatização da companhia e foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União, em linha com a expectativa informada antes por fontes que falaram à Reuters na condição de anonimato.

– ITAÚ UNIBANCO PN caiu 1,47%, após forte valorização na véspera, com o setor de bancos como um todo no vermelho, reduzindo o ímpeto do Ibovespa. BRADESCO PN cedeu 0,7%, BANCO DO BRASIL ON fechou em baixa de 0,39% e SANTANDER BRASIL UNIT recuou 2,18%.

– TELEFÔNICA BRASIL ON recuou 1,6%, também tendo resultado trimestral no radar, com a empresa reportando Ebitda recorrente de 4,9 bilhão de reais, marginalmente acima do desempenho de um ano antes, enquanto a margem subiu 1 ponto, para 43,6%. A receita operacional líquida caiu 1,6%, para 11,2 bilhões de reais. (https://bit.ly/2ZJMzcO)

– PETROBRAS PN subiu 1,41% antes da divulgação do balanço do quarto trimestre, aguardado para após o fechamento do pregão desta quarta-feira. O conselho de administração da companhia autorizou na véspera a realização de uma assembleia extraordinária para a destituição do atual presidente da petrolífera, Roberto Castello Branco, do cargo de membro do colegiado, em uma medida que quase garante a saída completa do executivo da companhia.

– XP INC. subiu 2,32% em Nova York, após reportar na noite de terça-feira que o lucro líquido no quarto trimestre cresceu 30%, com o ativos sob custódia aumentando mais de 60% em relação ao ano anterior. No Brasil, BTG PACTUAL UNIT encerrou com acréscimo de 0,73%.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1N1NU-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.