Economia

Hapvida e Notre Dame Intermédica detalham termos de conversão de ações em operação que pode movimentar R$49 bi

Reuters
Reuters

28 de fevereiro de 2021 - 17:25 - Atualizado em 28 de fevereiro de 2021 - 17:25

RIO DE JANEIRO (Reuters) – A empresa de saúde Hapvida e a rival Notre Dame Intermédica divulgaram os termos de conversão de ações de uma união que pode criar a maior rede de hospitais do país.

As empresas informaram que as ações da Intermedica serão incorporadas à Hapvida, com uma ação da Intermédica sendo trocada por 5,249 ações da Hapvida e mais 6,45 reais, de acordo com fato relevante divulgado no sábado.

Os acionistas da Hapvida deterão 53,6% da empresa combinada após a transação.

Os presidentes executivos de ambas as companhias farão parte do conselho de administração da empresa combinada, segundo o documento publicado no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Os custos de transação devem alcançar 116 milhões de reais, informaram as empresas.

Em janeiro, o Hapvida ofereceu 49 bilhões de reais para comprar a Intermédica. A empresa combinada terá 8,4 milhões de clientes de saúde e 70 hospitais espalhados por todo o país.

A conclusão do negócio ainda está sujeita à aprovação pelos acionistas das empresas, bem como pelas autoridades de saúde e de defesa da concorrência no Brasil.

(Por Gram Slattery)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.