Economia

Governo nega preparar quaisquer medidas para racionamento de energia elétrica

Reuters
Reuters
Governo nega preparar quaisquer medidas para racionamento de energia elétrica
Linhas de transmissão de energia em Brasília (DF)

21 de junho de 2021 - 20:41 - Atualizado em 21 de junho de 2021 - 20:45

RIO DE JANEIRO (Reuters) – O governo federal vem implementando ações para garantir o fornecimento de energia elétrica no Brasil e não está tomando quaisquer medidas objetivando o racionamento de energia elétrica, reafirmou em nota o Ministério de Minas e Energia nesta segunda-feira.

As ações em curso são necessárias para que não haja falta de energia, após o país ter registrado a pior estação chuvosa para os reservatórios de hidrelétricas em mais de 90 anos. A fonte hídrica é a principal geradora do país.

A pasta ressaltou que junto com instituições setoriais vêm implementando ações que garantam o fornecimento de energia elétrica para a população brasileira, “visando, sobretudo, a sustentação do crescimento econômico”, afirmou o ministério.

“Em sintonia e permanente diálogo com entidades governamentais e da sociedade civil, o MME trabalha de modo que os impactos sejam os menores possíveis na vida do cidadão.”

O racionamento, segundo a pasta, não está no radar do governo.

“O MME (Ministério de Minas e Energia) esclarece que não estão sendo tomadas quaisquer medidas objetivando o racionamento de energia elétrica no país”, afirmou.

Dentre as ações avaliadas pelos órgãos envolvidos, disse o ministério, está uma medida provisória que visa fortalecer a governança do processo decisório, possibilitando maior agilidade, segurança jurídica e total respeito às competências de todas as instâncias.

A pasta ressaltou ainda que busca o uso racional dos recursos hídricos e da energia elétrica, “permitindo que o país passe por esta conjuntura crítica com serenidade e sem alarmismos”.

(Por Marta Nogueira)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5K1CH-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.