Economia

Gastos com construção nos EUA caem inesperadamente em maio

Reuters
Reuters
Gastos com construção nos EUA caem inesperadamente em maio
Construção residencial na Califórnia, EUA

1 de julho de 2021 - 11:46 - Atualizado em 1 de julho de 2021 - 11:50

WASHINGTON (Reuters) – Os gastos com construção nos Estados Unidos caíram inesperadamente em maio, uma vez que os ganhos na construção de moradias privadas foram compensados por uma queda persistente nas despesas com estruturas não residenciais e projetos públicos.

O Departamento de Comércio informou nesta quinta-feira que os gastos com construção caíram 0,3% em maio, após subirem 0,1% em abril.

Economistas consultados pela Reuters previam aumento de 0,4%. Os gastos com construção, que representam cerca de 3,6% do Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano, subiram 7,5% em maio em relação ao mesmo período do ano anterior.

Os gastos com projetos de construção privados caíram 0,3%, pressionados por uma queda de 1,1% na construção privada não residencial, como gás e perfuração de poços de petróleo. O investimento empresarial em estruturas não residenciais diminuiu pelo sexto trimestre consecutivo. As despesas com construção privada aumentaram 0,3% em abril.

O investimento em projetos residenciais cresceu 0,2%, devido a um aumento de 0,8% na construção de moradias para uma única família.

A demanda por moradias permanece robusta, mas materiais de construção caros, especialmente a madeira, estão restringindo a capacidade das construtoras de aumentar as construções.

Gastos com empreendimentos residenciais avançaram 0,7% em abril.

Gastos com obras públicas caíram 0,2% em maio, após queda de 0,6% em abril.

(Por Lucia Mutikani)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH602JE-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.