Economia

Futuros do minério de ferro saltam na China com preocupações sobre oferta

Reuters
Reuters
Futuros do minério de ferro saltam na China com preocupações sobre oferta
(Blank Headline Received)

30 de setembro de 2020 - 08:11 - Atualizado em 30 de setembro de 2020 - 08:15

Por Enrico Dela Cruz

MANILA (Reuters) – Os futuros do minério de ferro saltaram nesta quarta-feira, com o contrato de referência na China disparando 5% após um surto de coronavírus em um navio graneleiro no importante porto de Hedland, na Austrália, ter levantado temores sobre problemas na oferta.

O minério de ferro na bolsa chinesa de Dalian fechou no maior nível desde 21 de setembro, a 809 iuanes (118,88 dólares) por tonelada.

Ele avançou 16,6% neste trimestre, no quarto trimestre consecutivo de ganhos.

Na bolsa de Cingapura, o material utilizado na fabricação do aço avançava 3% à tarde.

As novas preocupações com a oferta começaram a elevar os preços após a mineradora Vale ter suspenso operações da usina de concentração de Viga, no Brasil, segundo analistas da ANZ, o que reduzirá sua produção em 11 mil toneladas por dia.

Depois, houve a notícia de que um graneleiro ficou preso em no porto australiano de Hedland, um dos maiores do mundo para minério de ferro, após 17 dos 21 membros da tripulação terem testado positivo para o coronavírus, o que segundo a ANZ tem atrasado embarques ali.

Soldados australianos foram destacados para ajudar a conter o surto no navio, que mudou de tripulação pela última vez em Manila.

Mas o mercado tinha poucos volumes devido à iminência do feriado de Dia Nacional na China, de 1 a 8 de outubro.

O vergalhão de aço para construção na bolsa de Xangai avançou 1,1%.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG8T1CS-BASEIMAGE