Economia

Furnas, da Eletrobras, contrata energia de quase 1 GW em usinas solares em leilão

Reuters
Reuters
Furnas, da Eletrobras, contrata energia de quase 1 GW em usinas solares em leilão
Fábrica de painéis para energia solar BYD, em Campinas

16 de novembro de 2020 - 09:36 - Atualizado em 16 de novembro de 2020 - 09:40

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) – A estatal Furnas, da Eletrobras <ELET6.SA>, fechou contratos de longo prazo para a compra da produção futura de novas usinas solares que serão construídas por terceiros e somarão quase 1 gigawatt em capacidade instalada, após um leilão privado realizado pela companhia na semana passada.

O movimento de Furnas segue-se a outras licitações semelhantes de elétricas como Copel, Cemig e Engie, que têm buscado comprar energia renovável para posterior negociação no chamado mercado livre de eletricidade, onde grandes empresas como indústrias negociam diretamente seu suprimento junto a geradores e comercializadores de energia.

A elétrica informou em comunicado no sábado que o leilão, promovido na quinta-feira, selou a compra de energia junto a 15 empreendimentos solares por prazo de 15 anos, para comercialização a partir de 2024.

Furnas disse que o leilão tinha como objetivo original a compra de energia de novos empreendimentos eólicos e solares e que participaram “diversas companhias e consórcios”, mas não detalhou as empresas que disputaram a concorrência.

Os empreendimentos que negociaram energia com a estatal ficam na Bahia, Piauí, Ceará e Paraíba.

Os projetos deverão demandar um investimento total pelas empresas responsáveis pelos ativos estimado em cerca de 4,1 bilhões de reais, segundo Furnas.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGAF0SZ-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.