Economia

EXCLUSIVO-Itália vai cortar previsão para PIB de 2021 a 4,1% e aumentar a de 2022 a 4,3%, dizem fontes

Reuters
Reuters
EXCLUSIVO-Itália vai cortar previsão para PIB de 2021 a 4,1% e aumentar a de 2022 a 4,3%, dizem fontes
Primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi

29 de março de 2021 - 09:42 - Atualizado em 29 de março de 2021 - 09:45

Por Giuseppe Fonte e Angelo Amante e Gavin Jones

ROMA (Reuters) – O governo de Mario Draghi espera que a economia italiana, atingida pelo coronavírus, cresça 4,1% este ano e 4,3% em 2022, disseram três fontes com conhecimento do assunto à Reuters antes da publicação oficial das novas previsões no mês que vem.

A previsão para 2021 é uma revisão acentuada para baixo em relação ao crescimento de 6% que havia sido projetado pelo governo anterior, de Giuseppe Conte, que entrou em colapso em janeiro, enquanto a projeção para 2022 ficará acima da meta de Conte de 3,8%.

Ambas as previsões permanecem mais otimistas do que as da Comissão Europeia, do Fundo Monetário Internacional e do Banco da Itália, que atualmente projetam um crescimento italiano abaixo de 4% neste ano e no próximo.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH2S0WJ-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.