Economia

Encomendas à indústria nos EUA recuam em fevereiro

Reuters
Reuters
Encomendas à indústria nos EUA recuam em fevereiro
Linha de produção de motores para aeronaves em fábrica da General Electric (GE) em Lafayette, Indiana, EUA

5 de abril de 2021 - 11:28 - Atualizado em 5 de abril de 2021 - 11:30

WASHINGTON (Reuters) – As novas encomendas de produtos fabricados nos Estados Unidos recuaram em fevereiro, provavelmente pressionadas pelo clima frio atípico, embora a manufatura permaneça forte conforme a recuperação econômica retoma a força em meio à melhora da situação sanitária e do forte estímulo fiscal.

O Departamento do Comércio disse nesta segunda-feira que as encomendas à indústria recuaram 0,8% após salto de 2,7% em janeiro. Economistas consultados pela Reuters previam queda de 0,5% em fevereiro. Na comparação anual, as encomendas subiram 1,0%.

O clima rigoroso afetou grandes partes do país, incluindo tempestades de inverno no Texas e em outras partes do Sul, na segunda metade de fevereiro, prejudicando os gastos dos consumidores, a produção nas fábricas, a construção de moradias e as vendas.

Mas isso já ficou para trás. O Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) disse na semana passada que seu índice para a atividade industrial nacional saltou em março para o nível mais alto desde dezembro de 1983.

A manufatura, que responde por 11,9% da economia dos EUA, tem sido impulsionada por um deslocamento da demanda durante a pandemia de serviços para bens.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH340O6-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.