Economia

Empresa de dados por satélite BlackSky chega à bolsa com acordo de US$1,5 bi

Reuters
Reuters
Empresa de dados por satélite BlackSky chega à bolsa com acordo de US$1,5 bi
BlackSky será listada na Bolsa de Valores de Nova York

18 de fevereiro de 2021 - 13:34 - Atualizado em 18 de fevereiro de 2021 - 13:35

(Reuters) – A empresa de dados e imagens de satélite BlackSky disse que concordou em abrir o capital por meio de uma fusão com a Osprey Technology Acquisition, em um negócio que avalia a entidade combinada em 1,5 bilhão de dólares.

A BlackSky, fundada em 2014, usa pequenos satélites de alta resolução com inteligência artificial e aprendizado de máquina para observação da Terra em tempo real.

Ela disse que será listada na Bolsa de Valores de Nova York, sob o novo símbolo “BKSY” após a fusão, que deve gerar 450 milhões de dólares em receitas líquidas.

Isso inclui 180 milhões de dólares de investidores, incluindo Tiger Global Management, Peter Thiel’s Mithril Capital, Hedosophia e Senator Investment Group.

As chamadas SPACs como a Osprey são criadas para levantar fundos e comprar empresas de capital fechado.

As SPACs surgiram como uma alternativa popular a um IPO tradicional, com pelo menos 144 SPACs arrecadando em conjunto 45,7 bilhões de dólares até agora este ano.

(Reportagem de Sohini Podder em Bangalore)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1H1E2-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.