Economia

Professor dá 10 dicas para potencializar os estudos para o Enem

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

24 de setembro de 2015 - 00:00 - Atualizado em 5 de fevereiro de 2021 - 16:53

A dica de especialistas para o último mês de estudos é manter a calma para consolidar o aprendizado

As provas para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão realizadas nos próximos dias 24 e 25 de outubro. Faltando um mês para o exame, a ansiedade começa a tomar conta dos estudantes. E é justamente a ansiedade a maior culpada da desorganização e dos deslizes no processo de aprendizagem. A dica de especialistas para o último mês de estudos é manter a calma para consolidar o aprendizado adquirido, otimizando a rotina de estudos.

Leia também:

Dicas: Estudantes devem ficar atentos à alimentação para a prova do Enem

Escolas particulares são maioria no ranking do Enem; veja a lista

Aplicativos para correção de redação são disponibilizados a candidatos ao Enem

Os alunos se perguntam como proceder com o nervosismo. “Será que estudei suficiente?” “Foquei mais em um assunto do que em outro?” “E se cair uma questão complexa que eu não estudei?”. Essas e outras perguntas atormentam os que estão se preparando para a prova com seriedade. O Professor Paulo Moraes, autor do material do Sistema Anglo de Ensino e Diretor de Ensino do Anglo Vestibulares, destaca dez dicas para quem busca estar pronto nos dias de prova. Respire fundo e tome nota:

  • 1.  Seja organizado. Esse é o momento perfeito para você começar a usar aquela agenda jogada no fundo do armário: monte um cronograma de revisão e liste suas prioridades.
  • 2.  Nem só de estudos vive um ser humano. O Enem costuma ser um exame exaustivo, portanto é imprescindível que você tenha hábitos saudáveis: durma bem, coma alimentos nutritivos e pratique esportes. Nenhum estudo adiantará se você não aguentar o dia de prova.
  • 3.  Conheça o perímetro. Cair de paraquedas não costuma ser uma boa tática, sendo assim, veja pelo menos duas edições anteriores do exame para se familiarizar com o formato e com os assuntos mais abordados.
  • 4.  Revise com inteligência. Caso não tenha estudado determinado assunto, não está na hora de começar agora. Os assuntos que você tem amplo conhecimento, vale a pena dar uma olhada rápida. Priorize a revisão de temas que você não domina totalmente.
  • 5.  Escreva sobre os assuntos mais frequentes. O Enem aborda alguns assuntos com regularidade. Treine fazer textos com temas de grande incidência, tais como: movimentos sociais, conflitos urbanos, redes sociais e tecnologia, entre outros.
  • 6.  Treine a leitura das questões. Grande parte dos erros acontecem por falta de atenção ao ler as longas questões que já viraram marca do exame. Procure se acostumar com os enunciados e treinar sua leitura minuciosa. Com o tempo, você evitará os deslizes mais comuns.
  • 7.  Leia artigos de opinião. Alcançar uma boa nota na redação não é fácil, pois dentre outras coisas exige uma boa argumentação. Observe artigos de opinião para perceber as várias visões que um mesmo assunto pode ter.
  • 8.  Relembre os acontecimentos. Os temas mais veiculados no primeiro semestre pela imprensa costumam aparecer em questões e na própria redação do Enem. Não deixe de estudá-los.
  • 9.  Deixe os resumos de lado. Escrever longos resumos consumirá tempo e não ajudará em nada. Substitua-os por simulados que, além de colocar em prática todo seu aprendizado, podem ser usados para treinar o seu tempo de resposta e seu tempo de redação. Ou seja, no fim você estará ganhando tempo!
  • 10. Pense positivo. Não adianta ficar pensando na matéria que deixou de estudar. Acredite no seu potencial, lembre-se de tudo aquilo que você conseguiu estudar durante um ano. “Eu dei o melhor de mim!” deve ser seu novo mantra.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.