Economia

Agência do Trabalhador cadastra profissionais autônomos

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

13 de fevereiro de 2013 - 00:00 - Atualizado em 13 de fevereiro de 2013 - 00:00

A Central do Profissional Autônomo (CPA) da Agência do Trabalhador de Curitiba tem se destacando nos últimos anos na intermediação de serviços especializados. São trabalhos rápidos, realizados por curtos períodos de tempo, sem vinculo empregatício. O sistema faz uma busca no banco de dados dos trabalhadores cadastrados e agiliza o encaminhamento do prestador de serviço até o empregador.

Em 2012, foram cadastrados mais de 2,5 mil trabalhadores prestadores de pequenos serviços e abertas mais de 1,6 mil ofertas de trabalho, totalizando 2.037 trabalhadores intermediados e 1.073 trabalhos realizados. Os dados são da Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego e Economia Solidária.

Segundo o secretário do Trabalho, Luiz Claudio Romanelli, a Central do Profissional Autônomo também orienta quanto ao valor médio cobrado para garantir preços justos a ambas as partes. “O serviço, oferecido gratuitamente pela nossa Secretaria, é uma maneira segura de encontrar trabalhadores sem vínculo empregatício nas mais diversas áreas”, disse.

Romanelli explicou que o pagamento é realizado pelo contratante logo após o término da tarefa. “Através da Central do Profissional autônomo diminuímos o tempo de espera do trabalhador e aumentamos a rapidez na intermediação desses serviços”, destacou.

Entre as vagas ofertadas estão as de pedreiro, pintor, eletricista, encanador, diarista, panfleteiro, vendedor interno e externo, costureiro (a), manicure e pedicure, depiladora, cabeleireiro e animador de festas infantis, entre outras.

O gerente da Agência do Trabalhador de Curitiba, Rafael Aurélio dos Santos, explica que as vagas ficam disponíveis por pouco tempo. “Por isso, pedimos aos empregadores que procurem sempre o sistema público de trabalho, emprego e renda para abrir vagas. Foi pensando nisso que a Central do Profissional Autônomo foi criada”, explicou.

Cadastro

Para efetuar o cadastro na CPA é necessário que o trabalhador apresente cópia do RG e do CPF, além de um comprovante de residência (luz, água ou telefone) dos três últimos meses e a Carteira de Trabalho (cópia da página com foto, registro e PIS). O candidato também deve levar uma carta de recomendação que comprove a função, somente para os serviços que exigem experiência, e fornecer três números de telefone para referência.

O interessado em contratar os serviços só precisa ligar para a Agência do Trabalhado, oferecer a vaga e deixar seus dados para contato do profissional autônomo interessado.

A Central do Profissional Autônomo funciona na Agência do Trabalhador. O telefone é o (41) 3883-2200 e o atendimento acontece das 8:00 às 17:00 horas.