Economia

Eletrobras informa renúncia do conselheiro Wilson Ferreira, ex-CEO

Reuters
Reuters
Eletrobras informa renúncia do conselheiro Wilson Ferreira, ex-CEO
Wilson Ferreira Jr., ex-presidente da Eletrobras e novo CEO da BR Distribuidora

16 de abril de 2021 - 20:35 - Atualizado em 16 de abril de 2021 - 20:40

SÃO PAULO (Reuters) – A Eletrobras informou que o conselheiro de administração Wilson Ferreira Jr., que atuou antes por mais de quatro anos como presidente da companhia, decidiu renunciar nesta sexta-feira ao cargo no colegiado.

O anúncio vem pouco após Ferreira ter assumido a presidência da BR Distribuidora, empresa de combustíveis que tem a Petrobras como acionista.

A Eletrobras disse que Ferreira tinha mandato no conselho até o final de abril e que a saída deve-se “principalmente ao volume de trabalho simultâneo” enfrentado por ele com a acumulação dos cargos.

Ferreira, que assumiu a estatal ainda na administração do ex-presidente Michel Temer, em junho de 2016, foi convidado a continuar no cargo no governo Bolsonaro, com a missão de levar adiante planos de privatização da companhia.

Após uma gestão elogiada por analistas de mercado, ele anunciou em 25 de janeiro que deixaria o cargo devido a um convite para a presidência da BR Distribuidora.

Em teleconferência com investidores, Ferreira disse depois que tomou a decisão por ter sentido falta de “tração” no processo de desestatização da companhia.

Menos de um mês após o anúncio da saída do CEO, o governo do presidente Jair Bolsonaro decidiu publicar uma medida provisória propondo a privatização, em substituição a um projeto de lei que não havia avançado no Congresso.

Mais recentemente, no final de março, Bolsonaro confirmou a indicação do secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Rodrigo Limp, para assumir a presidência da Eletrobras.

Assim como na Petrobras, o estatuto da Eletrobras exige que o presidente da companhia seja escolhido entre seus conselheiros.

Assim, Limp deverá ser antes eleito para o conselho da companhia para depois ser nomeado como CEO.

A estatal convocou uma assembleia para 27 de abril para eleição dos membros do colegiado.

(Por Luciano Costa)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3F1EE-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.