Economia

Eletrobras aprova captações via debêntures por Eletronorte e CGT Eletrosul

Reuters
Reuters
Eletrobras aprova captações via debêntures por Eletronorte e CGT Eletrosul
Sistema elétrico

30 de outubro de 2020 - 20:04 - Atualizado em 30 de outubro de 2020 - 20:05

SÃO PAULO (Reuters) – O conselho de administração da Eletrobras aprovou nesta sexta-feira captações de recursos pelas subsidiárias Eletronorte e CGT Eletrosul por meio de emissões de debêntures, de acordo com fatos relevantes publicados pela estatal.

As debêntures da Eletronorte terão valor total de 750 milhões de reais e vencimento em quatro anos a partir da data de emissão. O capital será utilizado principalmente no refinanciamento do passivo da companhia.

“O saldo, caso haja, será destinado ao reforço de caixa para utilização no curso ordinário dos negócios da Eletronorte”, disse a estatal, informando que ao valor das debêntures incidirão juros remuneratórios de 100% da variação das taxas médias diárias dos DI, acrescida de sobretaxa de 2,60% ao ano.

Já a CGT Eletrosul captará recursos por meio de primeira emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, no valor total de 300 milhões de reais e com prazo de oito anos, disse a Eletrobras em fato relevante à parte.

O montante captado será utilizado, segundo a estatal, em sete projetos prioritários da subsidiária, que envolvem reforços em instalações de transmissão de eletricidade em diversos ativos da companhia na região Sul.

Ambas as operações dependem de aprovação de assembleias gerais extraordiárias da Eletronorte e da CGT Eletrosul, que ainda serão convocadas.

(Por Gabriel Araujo)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG9T214-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.