Economia

Elétrica gaúcha CEEE abre ‘data room’ para privatização de unidade de geração

Reuters
Reuters

26 de fevereiro de 2021 - 08:44 - Atualizado em 26 de fevereiro de 2021 - 08:44

Por Roberto Samora

SÃO PAULO (Reuters) – A Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-GT) informou nesta sexta-feira que abriu a Sala de Informações/Data Room para os potenciais investidores interessados no processo de desestatização da empresa.

O preço mínimo para a alienação do controle acionário e demais condições de negociação serão divulgados oportunamente, disse a elétrica gaúcha.

O processo de privatização despertou interesse de empresas como a Engie.

Além do preço do ativo, o comprador da unidade de geração da CEEE precisará ainda desembolsar mínimo de 1,395 bilhão de reais ao governo federal como bônus de outorga pela renovação por 30 anos dos contratos de concessão das usinas hídricas da empresa.

As usinas da estatal que poderão renovar contratos em troca da outorga somam 920,4 megawatts em capacidade, sendo 500 megawatts da hidrelétrica de Itaúba.

Além da unidade de transmissão e geração, o governo do Rio Grande do Sul está em processo para vender a distribuidora CEEE-D.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.