Economia

Efeitos da Covid-19 levam Yduqs a prejuízo no 2º trimestre

Reuters
Reuters

26 de agosto de 2020 - 21:08 - Atualizado em 26 de agosto de 2020 - 21:08

(Reuters) – A empresa de educação Yduqs teve prejuízo no segundo trimestre, refletindo maiores provisões para perdas esperadas com calotes e a concessão de maiores descontos a alunos, em meio aos efeitos da Covid-19.

A companhia anunciou nesta quarta-feira que teve prejuízo líquido de 79,5 milhões de reais entre abril e junho, ante lucro de 194,8 milhões de reais um ano antes.

Em termos ajustados, a companhia reportou lucro de 135,9 milhões de reais no trimestre, queda de 30,2% ante mesma etapa de 2019. A previsão média de analistas ouvidos pela Refinitiv apontava para lucro de 150 milhões de reais.

A Yduqs concedeu no período 67,5 milhões de reais em descontos referentes ao programa de bolsas. Em outra frente, as despesas com provisões para inadimplência cresceram 84,4% ano a ano, para 229 milhões de reais.

O resultado operacional medido pelo lucro antes de impostos, juros, amortização e depreciação (Ebitda, na sigla em inglês) foi de 111,2 milhões de reais, queda de 67,5%. Segundo a empresa, efeitos não recorrentes tiveram impacto de 215,5 milhões de reais, o que elevaria o total para 326,7 milhões, pouco acima da previsão média de analistas, de 316,5 milhões.

A Yduqs afirmou que o crescimento de 166% do volume de caixa e disponibilidades em 12 meses, para 1,9 bilhão de reais, a deixa em condições de avaliar novas aquisições no setor.

(Por Aluísio Alves)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.