Economia

Daly, do Fed, diz que banco central pode começar a reduzir estímulos ainda neste ano

Reuters
Reuters
Daly, do Fed, diz que banco central pode começar a reduzir estímulos ainda neste ano
Mary Daly, presidente do Federal Reserve de San Francisco

22 de junho de 2021 - 14:46 - Atualizado em 22 de junho de 2021 - 14:50

(Reuters) – O banco central dos Estados Unidos pode estar em posição de começar a reduzir seu apoio extraordinário à economia norte-americana no final deste ano ou no início do próximo, de acordo com a presidente do Federal Reserve de San Francisco, Mary Daly.

“Estou otimista em relação à recuperação”, disse Daly a repórteres nesta terça-feira após palestra no Instituto Peterson sobre riscos das mudanças climáticas.

“Progresso substancial adicional” em direção ao pleno emprego e à meta de inflação de 2% do Fed –condições que o banco central estabeleceu em dezembro passado para reduzir seus 120 bilhões de dólares em compras mensais de ativos– está “dentro de nossa linha de visão; acho que é possível chegarmos lá em algum momento no final deste ano ou no início do próximo”.

“Ainda não chegamos lá, mas é apropriado começarmos a nos preparar para o momento em que atingirmos esse ponto”, disse ela.

Por outro lado, falar sobre qualquer mudança nos juros nem está nos planos, e o Fed precisa se manter “estável” na política monetária e não responder aos próximos meses de dados “voláteis” sobre o mercado de trabalho e a inflação.

(Por Ann Saphir)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5L11Y-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.